terça-feira, 20 de maio de 2014

Comida de blog? Blog de comida - Comida saudável

É uma inspiração ler o blog da Neide Rigo, chama-se come-se para quem não conhece. 

Há pouco eu li sobre a maria-pretinha, uma fruta que eu nunca tinha ouvido falar e que, graças às pesquisas da Neide, agora sei que não é muito bem vista quando nasce perto de plantações de café ou feijão, mas que pode ser usada para geléias, na massa da panqueca e para recheios, fora o que você tiver na imaginação. É nossa blueberry, ou melhor, black mary ou maria-pretinha. 

Eu estive no evento do Sesc Consolação em abril em que a Neide Rigo e a Marina Person foram as convidadas para falar de comida de blog ou blog de comida juntas, eu já até tinha comentado isso por aqui. 


Eu com eles.

Eu sou leitora dos cadernos Paladar (do Estadão) e Comida (Folha), e a Neide Rigo tem uma coluna, a Nhac!, no Paladar. Já há muito tempo eu lia o que ela escrevia. Só que na hora que vi o nome dela no evento do Sesc não fiz uma associação direta com a coluna do jornal. 

Admito que, embora eu seja jornalista e marqueteira e saiba bem a importância dos articulistas e suas reputações, bem como de conhecer pessoas e ter relacionamento próximo com a mídia (afinal o trabalho de assessoria de imprensa tem tudo a ver com isso), sempre me importa mais o conteúdo que o figurão. Uma vez que um assunto me interesse e eu passe a ler sobre aquilo começo relacionar autores e tal. Mas não é o meu primeiro olhar. Uma falha que devo consertar, até comecei a cuidar disso... tsc.

Já sobre a Marina Person não me faltavam informações: eu a conhecia da MTV, do Metrópolis, na TV Cultura, do Cine Drops da rádio Eldorado e do Marinando, o canal dela no youtube. 

Eu fui cheia de expectativa para esse evento que reuniu as duas e foi mediado pelo JB, do Boteco do JB (botecodojb.blogspot.com). Demorou um pouco pra engatar a conversa, mas depois o bate-papo foi ótimo, principalmente, porque se falou muito mais de comida do que de blog.  

Só pra conhecer, caso você não tenha chance de ir em nenhum dos que ainda estão programados, o modelo do evento é o seguinte: tem um palco montado onde os convidados ficam em cima, um tablado não muito grande. Tem uma projeção do blog ou do  vlog na parede do fundo da sala e uma mesa com as comidas que serão servidas ou feitas logo ao lado, à direita ou à esquerda dos convidados, depende do dia.  Ao que me parece, essas convidados ilustres são convidados também para cozinhar para o público, o que no caso da Neide e da Marina aconteceu, mas nos demais, não deu. Quem tocou mesmo a comida foram as meninas da cozinha do Sesc.  As pessoas ficam na plateia, que nas primeiras edições tinha a simpática montagem de mesinhas de bar. 

O tema da noite da quarta, 30/04, era comida de gente saudável. A  minha impressão foi que, fora o preconceito dos mais radicais, comer de um jeito saudável é o que eu já faço. Vou tentar explicar, elencando alguns itens como: 
- ingredientes saudáveis, 
- pouca gordura e fritura,
- comida saborosa,
- prazer em comer,
- comer devagar,
- aproveitar frutas, legumes e verduras da época, de preferência uns que você ganha do vizinho que tem um sítio, pega no seu vasinho de hortaliças ou no quintal da sua mãe,
- evitar excessos repetidos ou frequentes e 
- outros aí que você lembra e dá valor. 

Sempre que posso, eu cozinho. Taí uma coisa para qual difcilmente eu tenho preguiça. Também cuido de comprar o melhor que posso, escolho os alimentos mais saudáveis, bonitos, se possível compro orgânicos,  embora eu ache os preços abusivos e não tenha nada contra o que a indústria produz, acho até que ela tem um papel fundamental para melhorar a alimentação da população em geral. Além disso, como com prazer, quase sempre numa mesa arrumada com carinho e na qual tem alegria, cheiro bom e criatividade nos pratos que são servidos. 

O bate-papo do Sesc com a Marina Person e a Neide Rigo foi profícuo. Para mim, teve menos blog que eu queria (porque ando antenada nessa coisa), mas teve experiência de comida e de paladar, bom senso e delicadeza, inclusive do JB, a quem chamei carinhosamente de "ogro" outro dia. 

Ah! Ainda ganhei uma banana orgânica do sítio da Neide e todos comemos um cuscuz de farinha de milho (ou será que foi mandioca?) com banana que estava uma delícia. 


Neide Rigo, do Nhac! e do come-se

Marina Person (que também come banana, como todos nós!) e JB




Nenhum comentário:

Postar um comentário