segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Hamburguer caseiro, por que não?

De vez em quando invento moda. Outro dia resolvi fazer hamburguer em casa, algo que deve ser bem comum para muitas pessoas, mas para mim, a mais nova novidade.

Tinha visto na Chef TV dia desses, num dos progamas da grade que agora não me lembro o nome, um cozinheiro fazendo habilmente um harburguer de um jeito simples, fácil e o melhor, parecia muito gostoso!
Decidi seguir mais ou menos o que eu lembrava do que tinha visto, peguei o i-Pad para evitar erros catastróficos e meti as caras.

Antes, claro, passei no supermercado e comprei carne moída, com alguma gordura. O hamburguer para ficar suculento necessita de, no mínimo 15% de gordura. Comprei também pão de hamburguer com gergelim, que eu adoro e estava fresquinho para a minha sorte.



Uma coisa importante sobre o hamburguer são os utensílios a serem usados. Embora eu até ache que dá pra fazer sem, meio no improviso, acho que o aro de cozinha é uma peça-chave para que o hamburguer fique bonitinho. Outra coisa importante é a chapa quente, que pode ser substituída pela frigideira. Aqui em casa, fizemos no grill, temos um que é pouco usado, mas foi ótimo para grelhar o hamburguer dos dois lados e bem rapidinho.  Também é bom ter uma espátula para hamburguer. Se não tiver, basta uma escumadeira do tipo reta, como uma pá, preferencialmente de silicone ou outro material antiaderente para remover a carne de onde tiver sido frita ou assada, levando até o pão ou prato.







Hamburguer Caseiro 

Ingredientes
30 gramas de cebola picada em brunoise
2 dentes de alho amassado
1/2 colher de manteiga
400 gramas de carne moída (de preferência maminha ou acém)
sal e pimenta do reino o quanto baste
1 colher (chá) mostarda de Dijon

Modo de fazer
Doure a cebola e o alho na manteiga e escorra o excesso líquido.  Numa tigela, misture o alho e a cebola fritos com a carne moída crua. Tempere com sal e pimenta do reino, se quiser acrescente um pouco de mostarda. Formate três ou quatro hamburgueres altos usando o aro de cozinha. Com a ajuda da espátula, leve a carne para a frigideira ou assadeira (se preferir fazer no forno). Grelhe na chapa bem quente por cerca de 3 minutos de cada lado. No forno demora um pouco mais e é prudente untar bem a assadeira ou até mesmo forrá-la com papel aluminio untado com óleo ou manteiga.

Monte seu sanduíche: transforme seu hambuguer num cheese salada com cogumelos


Ingredientes

Pão de hamburguer
Maionese
Mostarda
Ketchup
Folhas inteiras de alface lavadas
Tomates em rodelas
Cogumelos paris salteados na manteiga

Montagem: Corte o pão no sentido vertical, passe maionese nas duas partes internas, coloque numa delas o hamburguer e por cima os cogumelos. Na outra, as rodelas de tomate e as folhas de alface. Se quiser, lambuze um pouco com mostarda e ketchup.



Hummmmm.... me chame para experimentar quando fizer.

Observações: Há quem faça o hamburguer sem sal e só na hora de assar ou grelhar o tempere. Isso garante maior suculência, porque a gordura da carne não será afetada pelo sal.
Se preferir que o hamburguer fique mais baixo, use um aro maior, o molde é um critério pessoal. Entretanto, o que dá maciez, leveza e muito sabor ao hamburguer é a maneira como ele é grelhado, deixando bem passado por fora e quase sangrando por dentro. Mas gosto é gosto...

Usar ingredientes de boa qualidade faz toda diferença, isso todo mundo sabe. Mas no caso do hamburguer é ainda mais clara a necessidade de prezar por uma boa carne, além da qualidade da mostarda e, se possível de uma maionese caseira bem temperada.

Se fizer para os seus filhos, estou certa de que eles aprenderão rapidamente a diferença entre hamburguer e sanduíche do McDonald's.

Boa semana! Ah, em tempo: sanduíches desse tipo não são para todos os dias. Só de vez em quando. Aí é que tem graça e não faz mal à saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário