quarta-feira, 8 de julho de 2015

Macarrão com sardinhas e anchovas: de dar água na boca

Dias frios, quando o sol anda preguiçoso escondido atrás das nuvens. A cidade anda meio molhada, chão escorregadio, paredes geladas, tudo um pouco cinza. Só na cor do dia, porque a coragem anda rondando e a cada dia a gente se renova mais e vê que, enquanto há vida, tudo é possível. 

Uma coisa que aconchega é comida de casa. Ai como é bom! 

Macarrão com sardinha é bem coisa de fazer em casa, em acampamento, na república... Comida barata, que quase todo mundo sabe fazer. Mas sempre tem quem tem aquela mão melhor pra cozinhar e aí, sim, o prato fica uma delícia de dar água na boca só de pensar. 

Para que a comida seja boa de verdade, é claro que os alimentos frescos são os mais indicados, mas não sejamos assim tão preciosistas, tão radicais. Uma boa lata de sardinhas, algumas vezes, resolve bem a parada.  Meu preparo de hoje não segue a linha da gastronomia, mas a da culinária caseira, rápida e prática e que, posso garantir, não vai matar ninguém, não. Vai é dar muita vontade de comer. 

O título do post é macarrão com sardinhas e anchovas e não é por acaso. Eu sempre tenho anchovas em casa porque, pra mim, é um elemento coringa capaz de dar um sabor requintado a qualquer preparo do dia a dia quando bem aplicado (só que eu não uso todo dia, logicamente). 

A diferença entre a sardinha e a anchova é pequena, mas significativa. Há quem diga que ambas são o mesmo peixe e até podem ser mesmo. Procurei uma boa diferenciação e encontrei no e-how,  um site que gostei bastante. Segue o link para quem tiver interesse: diferença entre sardinha e anchova.

Macarrão com sardinhas e anchovas

Ingredientes

2 litros de água
sal
300 gramas de macarrão do tipo talharini
1 cebola média fatiada
1 dente de alho amassado
1 lata de sardinhas em óleo
2 anchovas em conserva picadinhas bem miudinhas
1 tomate maduro pequeno picado 
1/2 pimentão verde picado em cubos
1/2 lata de molho de tomate refogado de boa qualidade
Para finalizar: 5 azeitonas verdes picadas e 1 colher (chá) de alcaparras trituradas

Modo de preparar

Numa panela grande, aqueça a água até ferver. Coloque o sal para temperar. Quando levantar fervura acrescente o macarrão e respeite o tempo de cozimento previsto na embalagem. Para uma massa grano duro, em geral. são sete minutos. 
Enquanto a água ferve e o macarrão é levado ao cozimento, numa outra panela, despeje as sardinhas e o óleo da lata, as cebolas fatiadas e o alho. Refogue. Acrescente o tomate picado e o pimentão e deixe cozinhar por 2 minutos. Acrescente as anchovas e o molho de tomate. Deixe cozinhar por mais 5 minutos com a panela semi tampada e mexendo de vez em quando para não grudar no fundo da panela. Quando o macarrão já estiver quase pronto, acrescente no molho as azeitonas e a alcaparra. Enquanto escorre a massa, o molho deve ser mantido em  fogo baixo. 
Misture macarrão e molho e está pronto para comer. 


Saindo fumacinha... bem quente! 




Notou que nesse macarrão não vai pimenta, nem sal (exceto na água para o cozimento da massa)? É porque é algo bem caseiro e cotidianamente se temos temperos salgados como a anchova, a azeitona e a alcaparra não é preciso mais sal. Além disso, o molho pronto, em geral, já vem com muito sódio. Por isso, assim como outros alimentos enlatados,  deve ser evitado sempre que possível. 

Para uma quarta-feira sem feijoada (já que quarta e sábado são os dias reservados à feijoada), um macarrãozinho como esse é mesmo de ar água na boca. 

Eu comi na agradável companhia da Maria (Nazaré), minha querida amiga que é faxineira aqui em casa há mais de 15 anos. O Silas está viajando, de bike.  Só volta amanhã. Então, em breve, sairemos de férias juntos. 

Não bebi vinho, mas iria bem com um carmenere básico, daqueles da prateleira mais baixa do armário (um dia desses explico isso... rsrs).


Hummm.... 

Um grande abraço a todos! 



>>  Já conhece o Lá em casa pra jantar

Nenhum comentário:

Postar um comentário