terça-feira, 27 de setembro de 2016

Doce de casa, sobremesa de família!








Caçarola italiana e manjar branco com calda de vinho e ameixa preta - A minha avó, mãe da minha mãe, fazia sempre esses doces.  Agora quem faz é a filha dela, que também é avó! E assim a tradição permanece. Cá entre nós, minha mãe faz questão de manter o legado, mesmo que faça outras sobremesas. 





--- tags:#clubedascomadres, doce de vó, manjar branco, caçarola italiana, sobremesa de família

Acesse o site do Clube das Comadres/ Colunistas/Hospitalidade e Gastronomia ou acesse diretamente o link.

No Clube, publiquei a receita da caçarola italiana, mas a do manjar está aqui! 

Manjar Branco

Ingredientes 

Massa do manjar
1 1/2 litro de leite
1 vidro de leite de coco
2 xícaras (chá) de açúcar
6 colheres (sopa) de amido de milho - bem cheias

Calda
1 1/2 xícara de vinho tinto
4 colheres (chá) de açúcar
água
ameixas pretas com caroço

Modo de fazer: 

Ponha o leite para ferver, acrescente o açúcar e o leite de coco. Quando levantar fervura, acrescente o amido de milho dissolvido numa pequena reserva do leite. Mexa sem parar. Quando começar a engrossar, continue mexendo para que não grude demais no fundo da panela. Serão cerca de 5 minutos para o cozimento da maisena. Desligue o forno e despeja numa forma de buraco molhada com ameixas distribuídas no fundo.  Deixe endurecer por cerca de 2 horas ou até esfriar. Desenforme no recipiente em que vai servir. Deve ser fundo o suficiente para que a calda que será colocada por cim não derrame. 

Para fazer a calda, junte todos os ingredientes numa leiteira e leve ao fogo, até dar ponto de calda. Depois de fria, derrame sobre o manjar. 



Leia também: 




De braços abertos


Revista Bem Mulher, edição número 9


A nova edição da revista Bem Mulher traz na coluna de Gastronomia & Hospitalidade a encantadora região de Mendoza na Argentina. Essa foi uma viagem muito regada a bons vinhos, restaurantes e, mais que tudo, o perfeito espetáculo da natureza da Cordilheira dos Andes com o memorável Pico do Aconcágua.  






(Se preferir, leia aqui matéria na íntegra)