terça-feira, 8 de agosto de 2017

Hóspedes em casa

Gastronomia e Hospitalidade - Lá em casa!



Chegou a última edição!! A capa não podia ser mais atraente...




Revista Regional do mês de agosto, como sempre, chega com novidades ótimas. 

Pra você que, como eu, costuma ter hóspedes para dormir, a minha coluna Lá em casa sobre Gastronomia e Hospitalidade traz algumas dicas fáceis de seguir e que facilitam a sua vida e a dos seus convidados.

Ao ler a coluna, aproveite a chance para a conhecer a revista . Neste mês, Cauã Raimond é o homem da capa, já que é o mês dos pais. 

Se preferir, leia o texto na íntegra aqui no blog mesmo.

Gostando dos conteúdos, acompanhe os posts do blog, cadastre-se! Conte para os amigos, comente! Um blog é feito de comentários, eles são sempre bem-vindos! 


Leia aqui o texto na íntegra: 




Hóspedes em casa


Falar de hospitalidade tem tudo a ver com a arte de bem receber, especialmente, se isso ocorrer na sua casa. 

Eu sou viciada em gente na minha. Devia era ter uma pousada. Gosto mesmo. Seja a minha família de origem ou a que escolhi pra mim, que é a do meu marido, sejam os meus amigos ou os amigos dos meus amigos, tem sempre uma chave da minha casa emprestada pra alguém passar por lá, mesmo que seja só uma chuva! 

Se um convidado seu vai ficar hospedado, deixe a cama arrumada ou os lençóis, travesseiros e cobertores à disposição, bem como toalhas limpas, de banho e de rosto, e um sabonete novo, caso ele queira usar. Há pessoas que não trazem esses itens na mala se vão à casa de amigos próximos. Não custa muito mimar um pouco seu convidado. 

Uma garrafa e um copo com água no quarto é uma delicadeza, assim como enfeitar o ambiente com uma foto que traga boas lembranças ao hóspede. Um livro que pareça agradar pode ser deixado perto da cama, que, se possível, deve ter algum tipo de iluminação - pode ser um abajur, luminária ou uma vela. Isso dá aconchego tanto quanto um tapete para que, ao acordar, a pessoa não ponha diretamente o pé no chão frio. Se der, deixe um chinelinho emprestado. 

Ter hóspedes em casa é igual a ter comida. Não falo de providenciar café, almoço e janta, por vários dias para vários hóspedes.  Até porque se alguém vai ficar na sua casa por mais de três dias, terá que se adaptar à sua rotina, ainda mais se você não estiver de férias. É bom pensar, contudo, que alguma refeição completa será feita em casa. Calcule isso e se programe. 

Enquanto houver gente de fora em casa, na geladeira e na despensa é necessário ter alimentos básicos para sobrevivência sem que seu hóspede tenha que se apropriar do seu fogão para preparar arroz e feijão. Frutas higienizadas, biscoitos, pães e bolos, geleia, queijo, requeijão, manteiga, frios, leite e chocolate são ideais. 

Se os seus convidados forem do tipo que gostam de relaxar tomando um drink, ter cerveja e vinho é salutar, mas, também dá pra surpreender servindo uns coquetéis e tira-gostos. Essa é uma boa ideia para o fim da tarde, início da noite.  


Pense também naquela fominha antes de dormir. Uma xícara de chá com torradas é leve e agradável, principalmente, para os mais velhos. Agora, se seus convidados forem os dos seus filhos, crianças ou adolescentes, considere ter leite integral, achocolatado, pão de forma e recheios. Ah! Lembre-se de aumentar as quantidades de comida neste caso. Gente jovem come bastante. 

E então, você é um excelente anfitrião? 

Grande abraço! 


****



Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário. Compartilhe com os amigos! É fácil, é só acessar a mídia onde quer publicar na barra lateral à esquerda desta página. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário