quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Todo ano a mesma coisa


Lá em casa! 


Como prometido há alguns dias, a coluna Lá em casa de dezembro traz um pouco de gastronomia para as festas de fim de ano. Aproveite esse tempo que é corrido mas também cheio de reflexões. Pense o que está bom e o que pode melhorar na sua vida. Vem aí um ano novinho em folha pra gente recomeçar!!!

Só não deixe de curtir a Revista Regional,   que está cheia de ideias criativas para o fim do ano. 

Ah! E que tal fazer uma doação para alguma instituição que necessita para contribuir de coração no período do Natal? Na edição de dezembro tem uma lista para escolher quem você vai ajudar. Aproveite a chance e crie um novo hábito! 



Felizes dias de festa neste 2017 que logo acaba! 



Se preferir, leia o texto na íntegra aqui no blog mesmo. Compartilhe, deixe seus comentários. Um blog vive de quem o lê e compartilhe opiniões. 

Siga a página do Facebook.  












Todo ano a mesma coisa



- Que nada! Esse vai ser diferente, você vai ver. Então, que vamos preparar para o Natal?

- Para os pratos principais, há opções de peru, chester, tender, pernil, bacalhau ou cordeiro.

Como acompanhamentos: arroz à grega ou de açafrão com passas, farofa não faltará, seja salgada ou doce, e, só pra não pesar a consciência e os quilos da balança, saladas!

Salpicão, salada de grão de bico com bacalhau ou carne seca desfiada, ou, talvez, uma com maionese daquelas que a vovó fazia.

- Puxa! Mas não ia ser diferente?

- Só pra concluir, depois você pergunta. Na sobremesa, pensei em pudim de leite, uma cassata ou pavê e frutas secas, uns figos e damascos, além de castanhas e nozes. 

Tudo tem sabor de Natal, não há como negar. Mas não precisa ser tão fidedigno ao tradicional já que preparar essa mesa aí pressupõe muito trabalho, a comida é pesada e dá uma ressaca moral no dia seguinte...

Comer diferente no Natal


Para dias quentes como os de dezembro no Brasil, sugiro:

  • saladas de folhas verdes (alface americana, agrião e rúcula) e alfafa – Deixe os temperos à mão ou mantenha uma molheira com o molho de sua preferência.
  • bolo salgado recheado de cebola caramelizada (ver receita) 
  • vários legumes como cenoura, pepino e rabanete cortados em tiras servidos como finger foods: comidinhas que, quentes ou frias, podem ser beliscadas a noite toda
  • patês de azeitonas ou tomates secos (ricota e azeitona azapa ou tomate seco com um fio de azeite misturados no processador) para acompanhar os legumes crus

Para beber: espumante, vinho branco ou rosé, água com e sem gás (saborizadas com rodelas de laranja ou limão siciliano). 

Na sobremesa, abuse das frutas da estação: pêssego, lichia, cereja, ameixa, nectarina, manga e uva.  Tudo higienizado e cortado em cubos para serem levados diretamente à boca ou, se preferir, em espetinhos feitos em palitos.  Compre picolés de frutas e deixe-os no freezer. Lá pelo meio da noite, banque o sorveteiro. Vai ser uma experiência deliciosa!

Receita de Bolo Salgado


Ingredientes

Massa

2 ovos inteiros
250 ml de leite
100 ml de óleo de girassol
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal

Recheio

3 cebolas grandes cortadas em tiras
1 colher de manteiga
50 gramas de queijo parmesão ralado na hora
½ maço de cheiro verde picado

Modo de fazer

Massa:  Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Recheio: Leve a cebola e a manteiga ao fogo baixo e deixe dourar por cerca de 20 minutos, mexendo de vez em quando.
Montagem: Numa assadeira untada e polvilhada, intercale uma camada de massa com uma de recheio, queijo parmesão e outra de massa. Polvilhe com queijo parmesão ralado.

Leve para assar em forno previamente aquecido a 180 graus por 40 minutos.

Deixe esfriar, corte em pequenos pedaços para servir de um bocado só!

Boas festas! 



******

Nenhum comentário:

Postar um comentário